O mito de Sísifo e você.
29 jul 2017

O mito de Sísifo e você.

As metáforas são uma

29 jul 2017

As metáforas são uma interessante maneira de acessar a parte mais profunda da psique humana, ao trabalharem de forma sutil o lúdico e o simbólico. Algumas vertentes da psicologia sugerem que as pessoas estão frequentemente vivenciando histórias semelhantes à dos protagonistas e personagens míticos.
De acordo com o famoso psiquiatra suíço, Carl Gustav Jung, todas as pessoas estão interligadas pelo que ele chamou de “inconsciente coletivo”, uma espécie de mente maior compartilhada por todo mundo, onde “desde sempre” encontram-se as sagas e jornadas arquetípicas que funcionam como uma referência ou padrão para o comportamento humano.
Pensando nisso analiticamente, resolvi trazer de forma resumida um mito grego que reconheço na história de muita gente.
Conta-se que, após ter desrespeitado e burlado as ordens dos deuses repetidas vezes, Sísifo (considerado o mais astuto de todos os mortais) foi condenado a levar uma gigantesca pedra até o alto de uma montanha. No entanto, todas as vezes que ele estava prestes a completar sua tarefa, a pedra escorregava de suas fortes mãos e descia rolando novamente. E assim, ele passou a eternidade empurrando um pesado pedregulho sem nunca cumprir sua missão.
Em alguns momentos da vida nos sentimos exatamente como Sísifo, nos esforçamos, lutamos, damos o nosso sangue, suor e mesmo assim não conseguimos alcançar nossos objetivos. Como se toda vez que estamos quase lá, algo acontece que nos impede de realizar nossos projetos ou obtermos os resultados almejados.
Porém, quero te dizer que pra todo problema existe uma solução e muitas vezes tudo o que precisamos é de uma mão amiga para nos ajudar a carregar a pedra e a nos dar mais energia e confiança para atingirmos nossos objetivos. Ou em alguns casos para ensinar a soltar a pedra e ir em busca de um novo propósito mais condizente com quem somos.
De uma forma ou de outra, você sairá vitorioso, mas para isso você precisa mudar a sua percepção e consequentemente o seu comportamento diante da vida. Felizmente podemos fazer a nossa história diferente, pois temos o poder de escolha que nos é concedido através do livre-arbítrio, portanto, se a sua pedra está muito pesada, não hesite mais, peça ajuda e faça sua vida realmente valer a pena.
Um forte abraço,

Tatiana M. Galvão

Deixar um comentário
Mais Posts
Comentários
Comentário